<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, janeiro 31, 2005

Seguindo o post anterior, em Cambridge conhecem o professor-candidato (a Belém) 

Rfetias od Amrala etsá emio tcroado...

Tem piada e parece funcionar 

Sguedno um etsduo da Uinvesriadde de Cmabgirde, a oderm das lertas nas pavralas não tem ipmortnacia qsuae nnhuema.

sexta-feira, janeiro 28, 2005

As boas companhias de Sócrates 

9 NOVE pesquisas trouxeram até este BAR - de 2ª até hoje, 6ª - pessoas que procuravam saber algo mais sobre a SOVENCO.
_______________________________________________
A Sovenco, criada em 1990, era uma Sociedade de Venda de Combustíveis. A sua constituição: Armando Vara, Fátima Felgueiras, José Sócrates, Virgílio de Sousa.
Sócrates finge, agora, não se lembrar dessa sociedade que fez. E porque se tenta ele esquecer? Porque: António Vara - condenado a 4 anos de prisão (pena suspensa); Fátima Felgueiras - foragida da Justiça, anda a monte no Brasil; Virgílio de Sousa - condenado a prisão por um processo de corrupção no Centro de Exames de Condução de Tábua... Compreende-se que não se queira lembrar. Que "ricos" amigos, hein?... Como é mesmo aquele provérbio?... "Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és!"

enviado por email por [J. Pedro Dias]

Muito bem escrito n'O Acidental 

«Por outras palavras, ao recordarmos o que foi o extermínio nazi, devemos recordar aos mais esquecidos o que foram os Gulags soviéticos (sobre isto recomendam-se The Gulag Archipelago 1918-1956, de Aleksander Solzhenitsyn e Gulag: A History of the Soviet Camps, de Anne Applebaum), os extermínios produzidos pelos totalitarismos de esquerda, as reminiscências que ainda hoje perduram e se inspiram em ideologias que marcaram pelo horror o passado século XX.
É da mais elementar justiça colocar verdade na História. Sabendo de antemão como esta é ensinada no ensino básico e secundário em Portugal – bastante deturpada, por sinal – e de que forma se nega o horror comunista – talvez porque ele não atingiu a Europa Ocidental como o fez o nazismo ou o fascismo – não nos admiremos que os mais novos continuem a engrossar as fileiras radicais da esquerda e direita portuguesas.
Um pouco de pedagogia não nos ficava mal.»

[Bernardo Pires de Lima]

Auschwitz - 60 anos do fim - para nunca esquecer 

Fez ontem 60 anos que o horror teve fim. Um fim, na prática, porque, seguramente, hoje ainda marca muitos dos que lá estiveram e sobreviveram. Classificar Auschwitz, hoje - ano de 2005, realidades diferentes -, é impossível. Ir lá? Arrepiante! Auschwitz será um dos poucos sítios do Mundo onde o silêncio provoca calafrios...

quinta-feira, janeiro 27, 2005

O declínio 

Freitas do Amaral... Jogado ao esquecimento, sem mestria para inverter a tendência da fraca notoriedade dos seus passos, quis aparecer agora, com uma entrevista a esse bastião socialista de nome «Visão». Ao que as pessoas chegam...
Aquele homem que nos anos 80 "fazia" a moda dos sobretudos verde-escuro nos eleitores de direita... E lembrando o seu desespero em Leiria, já em 2002, a pedir uma maioria absoluta para o PSD... E vir agora tentar o PS para ver se alguém lhe dá colo... Posicionar-se para Belém? Acham? De futuro ainda terá um PCP e um BE por onde tentar. Aí não poderá pedir maiorias, mas com a idade, o colo também já deixa de ser tão exigente.

Redenominação (tentada) 

A propósito do excelente jogo de futebol entre Benfica e Sporting, ouvi ontem alguns comentários sobre a expulsão de Hugo Viana.
De uma forma mais ou menos unânime, registaram-se críticas à "actuação" do jogador João Pereira.
Para além do manifesto exagero com que o jogador do SLB reagiu à agressão, bem como da personalidade desportiva do jogador, relativamente difundida pelos "media", e pelas imagens dos jogos em que o atleta tem participado, esquecem-se os paladinos da verdade desportiva, e os críticos do tal "sistema" que, o futebol, e o desporto em geral, não se compadece com nenhum tipo de violência. Seja dentro ou fora da competição respectiva.
Com efeito, como tivemos a oportunidade de verificar pelas imagens televisívas, em face de uma falta cometida, o jogador Hugo Viana agiu com a nítida intenção de ofender a integridade física do seu adversário, sendo que, nesta sede, são irrelevantes questões relativas à intensidade/dosimetria da agressão e, bem assim, dos excessos inerentes à reacção do jogador do Benfica...
Se o João Pereira mereceu críticas sobre a forma como jogou, não jogou, ou não interpretou o esquema arquitectado pelo seu treinador, considero injustas as críticas de que foi alvo, por esse motivo.
Talvez se se tratasse de um jogador como, por exemplo, o Liedson, a encenar um empurrão dentro da área (como vem sendo hábito) a conclusão fosse outra.
É que uma falta é uma falta! Uma agressão não pode deixar de ser punida com cartão vermelho.
Para bem da verdade desportiva!

quarta-feira, janeiro 26, 2005

Agricultura moderna?... 



... ou será isto o "Choque Tecnológico" de que tanto fala - sem explicar - José Sócrates?

A insuportável leveza do exibicionismo 

Nos meus tempos de faculdade participei num projecto sobre a pena de morte e eutanásia.
Hoje, em jeito de humilde reconhecimento das minhas pretensões, peço desculpa a todos os meus professores, colegas e demais destinatários do trabalho, porque percebi a minha total falta de sensibilidade para o assunto...!
Quando morrer, então legitimado pelo facto-morte, prometo voltar a escrever sobre o tema!
Porque a reflexão só nessa altura será possível...
Xico... esperto?

terça-feira, janeiro 25, 2005

No país das marionetas 

É incrível como querem vender um José Sócrates sem vícios, quando ele arrasta consigo a "sua equipa" do aparelho PS. Ele é António Vitorino, ele é Jorge Coelho, ele é Jaime Gama, até Mariano Gago, eles estão lá todos. Sem mácula. Quase sem passado. A tentar não lembrar certos erros grosseiros, esperando que as memórias sejam curtas. É assustador. O risco de acontecer um novo Guterrismo, mas desta vez sem Guterres à cabeça, mas por trás da marioneta, é terrivelmente elevado. E Portugal não parece preocupado em dizer que sim...
É terrível quando um país cava a sua própria cova!

O choque PS na ignorância dos seus apoiantes 

A TVI perguntou a uma dezena de militantes do PS, presentes num jantar/comício de Sócrates, se eles sabiam o que era o tal "choque tecnológico".
Respostas afirmativas: 0 (ZERO!)
São estes os apoiantes de Sócrates que querem definir um rumo torto do país?!...

Humor negro de Guterres 

Como é possível que, aquele que deixou o país num caos, cujos resquícios ainda hoje são bem visíveis nos mais variados sectores da sociedade, venha agora, com uma distinta cara-de-pau, pedir a maioria absoluta para José Sócrates e, ainda ter a lata de interromper Sócrates, quando este falava do "seu" choque tecnológico, para gracejar que esse tem de ser implementado em duas legislaturas?...

segunda-feira, janeiro 24, 2005

Gato Acidental 

Li o que o Paulo escreveu e li a resposta do Ricardo. Acho que, aqui, o problema não está apenas em apoiar A ou B. A questão está em criar-se uma imagem acerca de alguém que, por qualquer razão, admiramos - no caso do Ricardo por ser um excelente comediante - e de repente vê-lo a defender algo de que não se gosta e que, de certo modo, altera a imagem que temos dele. Acho normal. Eu também não gostava de ver o Popeye num jantar comício do PCP, mas ele teria todo o direito de lá estar. Nem gostaria de ver a Gisele Bundchen sair de minha casa sem avisar. Por isso, a questão não é, "ah e tal tava numa cena de comes e bebes com o pessoal que gosta de jogar bowling nas ruas da baixa com pins gigantes" - assim também eu -, mas sim uma coisa mais tipo, "tava lá para vincar a minha posição contra, de gajo de alfama, que nunca meteu nada, nem isto, prá veia...". Pois é, um gajo já nem pode jantar e passar incólume...

sexta-feira, janeiro 21, 2005

Prémio "O Senhor não tem legitimidade para falar, porque não sabe o que é ter um filho" 

Image hosted by Photobucket.com

Ministeriavel ou Secretariavel 

Com a vitória quase certa nas próximas eleições, os pesos pesados do "Turismo Socialista" compareceram em bloco na inauguração da Bolsa de Turismo de Lisboa, no Parque das Nações.
A dúvida, porém, subsiste - Ministério ou Secretaria de Estado?
Continuará o Turismo em Portugal a ser estratégico e vital para a nossa economia e, acima de tudo, encarado como tal, ou será relegado para a categoria das Secretarias de Estado, puxado para o Ministério da Economia ou outro?
Estando em curso, a nível europeu, uma estratégia concertada dos "Grandes Países" no tocante à liberalização de serviços, por forma a abrir as portas de países como Portugal aos grandes operadores turísticos, o "assento" no Conselho de Ministros passa a ter importância vital, com vista à defesa dos interesses nacionais.
Em face da "ameaça integracionista", resultante da abertura dos mercados, convém não esquecer que a desregulamentação fez nascer o caos algarvio no sector.
Veremos...

quarta-feira, janeiro 19, 2005

A idade do Chico 

Hoje, o Google enviou aqui para o Bar um cliente que pretendia saber a idade de Louçã. Entende-se que procurem saber algo mais do dito, já que tanto dislate motiva alguma curiosidade, para entender os porquês do que defende...

O "não" ao clientelismo partidário 

"Devia haver uma lista de cargos que, obviamente são de confiança política e, mudam quando muda o Governo. Mas é preciso proteger os funcionários da alta administração pública do clientelismo partidário."

terça-feira, janeiro 18, 2005

And isn't it ironic?... 

Faz lembrar a música 'Ironic' de Alanis Morissette.
Um britânico, consultor informático de profissão, que tinha escapado ao maremoto na Tailândia, a 26 de Dezembro de 2004, morreu menos de três semanas depois, quando fazia escalada em Singapura.
Segundo o Straits Times, James Creffield, de 39 anos, sofreu sábado uma queda de uma altura relativamente baixa, mas acabou por sucumbir aos ferimentos na cabeça, depois de ter sido hospitalizado.
Isn't it ironic?...

segunda-feira, janeiro 17, 2005

Crueldades da vida 

O futebolista Marco Caneira perdeu a filha de oito meses! Maria, uma criança saudável, foi vítima de morte súbita.
Aqueles que fazem grande alarido de pequenos percalços da vida, transformando-os em grandes problemas, deveriam parar um pouco para pensar...

Lapso ibérico 

José Sócrates foi a Espanha falar com Zapatero. Sócrates falou das prioridades no entendimento institucional entre ambos os países. Sócrates falou da agenda europeia, falou do pacto de estabilidade, mas esqueceu-se de uma questão elementar: a ÁGUA!
Com o periodo de seca que se augura e, conhecendo a mania de retenção desse líquido precioso por parte de «nuestros hermanos», não andará este candidato do PS a dormir na forma?

Desfile em passerelle 

Sócrates foi a Espanha falar com Zapatero. Nesta passeata de passerelle, o líder do PS esqueceu-se de debater a principal necessidade lusa, no que a relacionamento com Espanha diz respeito...

quinta-feira, janeiro 13, 2005

Em que é que ficamos? 

Então José Sócrates agora anuncia que, se ganhar as eleições, não vai mexer nos benefícios fiscais e votou contra eles no OE/2005?...

quarta-feira, janeiro 12, 2005

A CDU a atacar um PS sem ideias credíveis... 

Jerónimo de Sousa desafiou José Sócrates a explicar onde, e como, vai conseguir os 150 mil postos de trabalho que anunciou criar se for eleito.
Já viram? Afinal o Jerónimo também sabe ser líder!...

Pequenino (I) 

Segundo leio aqui, houve jornalistas a ligar para o Governo de São Tomé e a perguntar se o ministro de Estado falava verdade!... Em São Tomé devem ter percebido que, afinal, esta Europa tem algo de terceiro mundismo...

Pequenino 



O país que arranja um «caso Morais Sarmento»!...

Piada da semana 

Vem aí a nova contratação do Benfica:
Maxi López de seu nome, conhecido no seu país como... "SUPER MÁXI"!
Assim sendo...
... o "SUPER MÁXI" vai juntar-se aos Perna-de-Pau.

segunda-feira, janeiro 10, 2005

Mega-almoço do CDS/PP - 5133 pessoas 

Um número que, só por si, chegaria para vencer as eleições em alguns concelhos do país...

sexta-feira, janeiro 07, 2005

Autárquicas já aquecem no Porto 

Está decidido! Pôncio Monteiro e Pinto da Costa irão criar um Movimento Cívico para concorrer contra Rui Rio, desconhecendo-se somente quem encabeçará a candidatura. Esta é pois, uma faca(da) de dois gumes. Se a longo prazo é dirigida a Rui Rio, a curto prazo parece-me pretender esfuracar ainda mais as costas a Santana...

Aborto a Fe(r)tuzinhos 

Sónia Fertuzinhos não faz parte das listas do PS. A líder das mulheres socialistas não foi proposta nem pela sua concelhia - Guimarães -, nem pela federação distrital de Braga. É de estranhar tal facto, visto que, Sónia, foi uma das mais aguerridas defensoras, por parte do PS, pela entrada do 'Barco do Aborto' nas nossas águas territoriais, além de ser uma acérrima defensora da alteração da lei no que à matéria diz respeito. Com este afastamento estará este PS de Sócrates a afastar-se do tema «Aborto»?

quinta-feira, janeiro 06, 2005

E agora, algo lamentável 

Após muitos telefonemas com convite e a retirá-lo de seguida, o PSD parece que ainda terá de fazer alguns acertos na lista de deputados. Todavia, há casos estranhos. Já para não falar no que fizeram a Pôncio Monteiro, que cabimento terá o facto de, o Presidente da Câmara Municipal de Ourique (distrito de Beja), concorrer, em lugar elegível, pelo distrito do Porto???

Pesquisa estranha 

Alguém, através desta pesquisa, veio parar aqui à casa...

quarta-feira, janeiro 05, 2005

Já a estudar para o exame de Belém, professor? 

- Ah e tal, o cartaz pode prejudicar a vida académica.

Os meninos de Ouro também se queixam que Cavaco fugiu da foto... 


terça-feira, janeiro 04, 2005

Em busca da imunidade perdida? 

Como é possível, num país que se diz civilizado (ou que tenta ser), se coloque a hipótese de Paulo Pedroso vir a ser deputado?
A questão não deveria nunca ser colocada. É um arguido. O problema reside no cogitar dessa hipótese!
Pedroso concorrerá por Setúbal em lugar não elegível - 10º. Isso na teoria, porque na prática, basta fazer a rotatividade praticada pelo BE ou, simplesmente, alguns dos que o antecedem na lista virem a desistir, para ganhar o lugar numa cadeira em São Bento.

Olhar de culpa 


Ah! Ah! Ah! Já viste?... Demiti os gajos, e tu, que fizeste bem mais merda, deixei-te lá ficar!...

Que PS o vosso... 

Sócrates. Filósofo grego? Não. Um antípoda em inteligência. O mestre do teleponto e da fala sibilante. O líder deste PS que se apresenta a eleições tem poucas ideias. Pouca substância. Sócrates não é, por si, o líder. Fizeram-no. Comezainas socialistas, organizadas pelo seu camarada Jorge Coelho. Tipo: "o gajo até tem bom aspecto, vamos levá-lo". Ao colo. Mas, lá diz o povo, quem nasce torto... Escasseiam as ideias. E o dom.
Quanto tempo demorarão as sondagens para perceber isso?

segunda-feira, janeiro 03, 2005

8 mil milhões de euros!... 

Foi o que a ETA custou a Espanha na última década!?... Por cá talvez este número fizesse cair alguém de qualquer cargo governativo...

Do Brother à Quinta: all the same junk 

De Zé Maria a Castelo Branco, o povo que assiste aos "reality shows" é perito em pugnar pela vitória dos mais anedóticos personagens. O trolha de Barrancos era tímido em doses de coitadinho, o Henrique era um seminarista a quem a expressão "gaja boa" ruborizava. Estes foram os pioneiros. Daí seguiram-se concorrentes dos quais o nome se perde, mas cuja essência estranha à sociedade - ou chamemo-lhes rara -, os colocava em boa posição para atingir o pódio. O extremismo do que escrevo é personificado em pleno no José Castelo Branco. Um indivíduo fora dos parâmetros de normalidade. Por isso venceu. O povo quis "explorá-lo" ao máximo para ver até onde iria a sua extravagância.
Desinteligentes, as "vedetas" destes programas nem compreendem que, só por serem ridículos é que obtiveram a vitória.

Tempo veloz 

A vida não pára e, sem que se dê por isso, daqui a dois meses e uns dias estaremos no Carnaval. Distraidamente constatei-o, ontem, no GNT e na bunda daquelas brasileiras...

2005 - the beginning 

Em homenagem aos cartazes que o Bloco de Esquerda colocou nas ruas, aproveito para marcar o início de um novo Ano.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?