<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, novembro 30, 2004

O caricato de toda a situação 

Este Orçamento de Estado foi feito quando mais se pensou nos trabalhadores e o Governo cai por causa da opinião dos empresários!...

A remodelação 

Sampaio hoje cancelou a agenda. Rumores correm de que, não saiu de casa porque alguém perdeu as Chaves. O seu jogging matinal ficou assim adiado, impedindo o Presidente de prosseguir com o seu Desporto favorito que lhe dá um ar próprio da Juventude. Sem Chaves, e pretendendo procurá-las num terreno baldio que não é seu, não estará Sampaio a meter a foice em Seara alheia?

O mundo em desenho 

A talentosa Miss Vitriolica mudou de casa e alterou-lhe o nome, descendo por isso, na listagem, do grupo dos M's para o dos V's.

segunda-feira, novembro 29, 2004

O sucessor 

Fernando Seara, que nunca na vida deitaria fora um DVD com um jogo do Benfica, muito menos o faria se esse DVD lhe fosse ofertado pelo 'seu' presidente. Daí que, Seara, se posicione como o mais que provável sucessor de Chaves.
Além disso, sabe-se que a Câmara de Sintra lhe tem trazido muitos problemas irresolúveis de vária ordem...

A demissão (II) 

José Sócrates não pede a demissão do Governo. Ele sabe que o PS não está preparado e esse pedido talvez nem quatro dias lhe proporcionasse...

A demissão (I) 

Henrique Chaves demorou quatro dias a pensar 'como hei-de conseguir ser famoso?'. Optou pela única hipótese!

A demissão 

Henrique Chaves foi ministro do Desporto pelo tempo suficiente - chegou para dizer aos dirigentes do Benfica, alto e a bom som, que não alinhava em jogos de miúdos ranhosos. Só lhe apetecia ter deitado janela fora, o DVD que o Benfica lhe levou com as imagens de um jogo onde, supostamente, se viam erros de arbitragem...

quinta-feira, novembro 25, 2004

Supremo túnel do Marquês 

Caros jornalistas, então esqueceram-se de noticiar, com o mesmo ênfase de quando houve o embargo, que o Supremo Tribunal decidiu dar luz verde para a continuação das obras do Túnel do Marquês? Mas que grande maçada...

Congresso do PCP sem o mestre 

Álvaro Cunhal transformou-se numa espécie de Bin Laden - ninguém o vê, mas ouve-se falar que ainda está vivo!...

terça-feira, novembro 23, 2004

Ah pois é!... 

Quando um gajo me vem dizer, "ah e tal e assim", eu cá fico chateado, pois com certeza que fico chateado!...

Para não voltar a cair no mesmo buraco 

Quando será que a Câmara Municipal de Lisboa manda alcatroar as faixas laterais da Avenida Infante Santo, logo ali quando se vem da Avenida 24 de Julho? Não se compreende que, desde que beneficiaram visualmente aquele local, tenham deixado o pavimento com tantos altos e baixos...

Mundo violento 

As cenas de pancadaria registadas no decorrer de um jogo da NBA foram incitadas pelos habitantes de Canas de Senhorim que, revoltados pela fraude eleitoral na Ucrânia, prometem novas manifestações para breve. África poderá ser o continente escolhido, desta feita.

sexta-feira, novembro 19, 2004

Manhoso  

"Concorda com a Carta de Direitos Fundamentais, a regra das votações por maioria qualificada e o novo quadro institucional da União Europeia, nos termos constantes da Constituição para a Europa?"

Imagino o que pensarão as gentes da nossa terra onde, num país em que muito há para fazer, o analfabetismo e a pesada herança ditatorial deixaram marcas profundas...

Conhecendo a classe política o país que temos, terá havido a intenção de afastar do processo de referendo os menos eslarecidos?

Por mim, o "Légua" e o "Pata Larga" têm todo o direito à indignação e, já agora, ao cartão amarelo, nos precisos termos preconizados por Saramago...

Com amigos destes...

A originalidade na 4ª 

Agradeço ao Samuel a sua distinção pela nossa originalidade. Diz ele que somos o único blog que «tem na não institucionalização dos intervenientes uma das explicações, o que desde logo lhe confere uma certa independência». Mais, que «a existência de três inclinações políticas diferentes resulta em leituras com fundamentos distintos» e, agora digo eu, nessa lógica, benéficos.
Contudo esta frase é a merecedora de todo o destaque:
"Que busque na frescura de espírito a sua fonte recorrente e adie tanto quanto possivel o ingresso nas trincheiras onde a assinatura é de cruz, a primeira oferta uma granada e a aprendizagem principal o desbloqueio da cavilha com os dentes."
Assim vamos continuar.
Um abraço do Bar!

Caviloso? 

"Maioria qualificada" de quanto? 1/3, 2/3? Normalmente segue-se a quantificação, quando há uma maioria qualificada...

Capcioso? 

Que percentagem de votantes europeus saberá o verdadeiro alcance da expressão "maioria qualificada"?

Quebra-cabeças em referendo 

Nunca gostei muito do mordomo daquela casa de família e das suas maneiras de dizer tudo de forma cuidada. O menino deseja o creme de cenoura? - perguntava quando queria saber se me apetecia sopa. E quando um bife com batatas fritas passava a solomillo em cama de salsa com batata palha?...
É por isso - e por não me apetecer pensar muito, para tentar entender aquilo que me está a ser pedido - que acho a pergunta do referendo europeu, descabida, sem fundo entendível à primeira leitura e, acima de tudo, maçadora por nos fazer pensar.
Será que quem sugeriu este modelo de questão é criador de quebra-cabeças?

quinta-feira, novembro 18, 2004

Tiro no pé 

Sócrates deu um autêntico tiro no pé ao dizer que era contra a descida da taxa de IRS. Enquanto se lembrar disto, o país não-socialista nunca irá votar nele.

Rima certeira 

Com o PS não há baixa das taxas de IRS.

quarta-feira, novembro 17, 2004

Usurpadores 

Merda para a Brisa que me fez pagar 15,95 euros de Lisboa à Feira, e outro tanto para o regresso, tendo metade da auto-estrada em obras. Merda de usurpadores!

As directas de Santana 

Santana Lopes sempre defendeu directas dentro do partido. Com isto confundiu os seus apoiantes que, sem perceberem o léxico da palavra, foram directos de mais no ataque ao parceiro de coligação PP.

sexta-feira, novembro 12, 2004

O Kefieh democrata 

A «Festa do Avante» e outras manifestações que tais deixaram de ter o modelo vivo do lenço Kefieh. Arafat usava-o até para tomar banho. Os jovens portugueses que se querem mostrar diferentes no seu radicalismo intelectual de esquerda - quase a roçar um modelo anárquico - imitavam um ditador corrupto, usurpador e fratricida. Não se percebe como os deixam entrar assim vestidos nessas festas e manifestações, afinal, parece que em Portugal esses que o usam, como símbolo, não se entendem com simbologías, já que os seus líderes partidários se dizem democratas...

Momento de humor 


quinta-feira, novembro 11, 2004

Yasser Arafat morreu esta semana... 


quarta-feira, novembro 10, 2004

Fronteira 'Bus' 

Aqueles Smart que a Câmara Municipal de Lisboa adquiriu para vigiarem os corredores 'Bus', são ridículos. Hoje de manhã, deparei-me com um desses veículos de caricatas funções - com duas pessoas lá dentro - que seguiam vigilantes, "colados" atrás de um autocarro... Percebem o ridículo?

Aconselhe-me um concelho 

Era uma vez um candidato autárquico que não sabia onde se candidatar, apenas sabia que queria ser candidato. Vai daí, fez sair para os jornais que a sua candidatura iria avançar. "Ponham aí, em Lisboa ou no Porto" - disse aos jornalistas. E estes, assim o fizeram. Constrói-se assim um candidato, tal como se construiu o partido. Se quer um conselho deste Bar, quanto ao concelho a que se deve candidatar, pense em Vizela, dr. Monteiro.

terça-feira, novembro 09, 2004

Mar português 

É caso para dizer que, o «Expresso», com a sua manchete de sábado passado, afundou-se. Valia a pena que, pelo menos, lessem Teresa de Sousa no «Público» de hoje.

Esquerda a sete Chávez 

É curiosa a cumplicidade entre a esquerda portuguesa, aquela que mobiliza manifestações por sms, e a atitude do Governo venezuelano, no caso dos três cidadãos portugueses retidos em Caracas. É curiosa, mas medíocre. Então, onde estão as manifestações costumeiras para a porta da embaixada da Venezuela? Onde está o Bloco de Esquerda e o PCP para exigirem o cumprimento dos direitos humanos? Onde anda Odete Santos e Francisco Louçã? Será que estão a bordo de algum 'barco do aborto' a comunicar com embarcações vizinhas?
Hugo Chávez é um ícone da esquerda, um modelo amortizado, decalcado de outras decadências esquerdistas. A esquerda portuguesa retrai-se e assiste do sofá.
E se tudo isto se passasse num qualquer outro país onde a esquerda não tivesse modelos? A esquerda não se calaria, com manifestações em catadupa, exigindo direitos fundamentais. Para já fecham-se a sete Chávez, para ver se isto passa incólume...

Frango com manteiga 


É minha, é minha! Ups, escorregou...

Celebridades zoológicas 

Eis-me de regresso, depois do meu computador me ter pregado uma partida...
Não gosto da "Quinta das Celebridades", mas, ao contrário de muitos, não nego que ao fazer zapping, por lá paro quando a situação me chama a atenção.
Hoje, vi uma Cinha Jardim de muito baixo nível, de mau gosto, quase rasteira, a chamar nomes, a fazer intrigas, a criticar o mundo... Será que ela não entende que, quem se quer pôr nestas montras, sujeita-se a certas coisas a que não pode reagir? Vá ver as montras de Amsterdam!

sexta-feira, novembro 05, 2004

Contradições da rosa... 

Estranhei ouvir José Sócrates defender que o Estado não deve participar em órgãos de imprensa privada... Estranhei porque, enquanto no Governo, os socialistas permitiram a compra da 'Lusomundo' pela 'Portugal Telecom'. Agora, que está na oposição, Sócrates pensará de outra forma. Se calhar não o deixaram falar antes...

Afinal está vivo 

Arafat foi visto hoje, a conduzir em contramão, no IC19!...

quinta-feira, novembro 04, 2004

Não à Turquia na UE 

Estive presente num debate, na Assembleia da República, sobre a problemática que acarreta a entrada da Turquia na União Europeia (UE).
Desde já assumo que, a posição que tinha à entrada, acerca desta matéria, ficou mais vincada ainda. Sou terminantemente contra a entrada da Turquia na UE!
Parafraseando Giscard d'Estaine, há fronteiras culturais que se impõem mais do que qualquer fronteira geográfica e, no caso turco, esse é claramente um forte motivo para o 'não' à sua entrada.
Por outro lado, a Turquia ocupa apenas 3% de território Europeu. Porquê entrar?...
Todavia, mais motivos há que interrogam sobre esta pretensão...
- A entrada da Turquia colocaria a União Europeia a fazer fronteira física com o Iraque.
- Os Curdos passariam a fazer parte integrante da UE.
- O islamismo não tem nada a ver com a restante cultura europeia.
- O terceiro mundismo turco, na parte asiática - 97% do país -, passa a querer benefícios e dinheiros da UE.
- No debate, Severiano Teixeira questionou 'o porquê de Malta estar na UE'. Malta é, e sempre foi, parte integrante do mapa europeu. A Turquia não.
- Com a entrada da Turquia abre-se um grave precedente. Se a Tunísia, Marrocos, ou outro qualquer país do norte africano, quiserem entrar na UE não há bases plausíveis para a recusa. Estar noutro continente? A Turquia também está...
Por tudo isto, e muito mais que se tornaria fastidioso aqui explicar, acho completamente desfasado da realidade europeia, a aceitação da Turquia na UE!

quarta-feira, novembro 03, 2004

O representante luso na Liga dos Campeões 

Jogou mal, mas foi roubado por um árbitro escocês. Em dois penaltys, pelo menos... Será que há alguém a beber champagne hoje em Estugarda?

Arsénico vs. cianeto 

Fosse qual fosse o resultado...



... não se poderia esperar que os EUA tivessem um bom presidente.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?